Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 28 de junho de 2015

RICARDO RODA BISA NO CHALLENGE

Para que não restassem dúvidas quanto à vitória em Monchique, Ricardo Roda / Eurico Adão apostaram o joker no Rali Vidreiro e obtiveram não só a vitória como o dobro dos pontos, continuando na liderança no Challenge. O Challenge DS3 R1 tem vindo de prova a prova a ficar cada vez mais competitivo.
No Rali Vidreiro assistiu-se a um bom rali nesta competição, com Ricardo Roda a conseguir nova vitória, que lhe garante um favoritismo acrescido, quando faltam duas provas para terminar esta troféu.
Nesta prova houve apenas um líder. Ricardo Roda conseguiu logo nos primeiros três troços uma vantagem de 25s, ao vencer todos, para no dia seguinte ir sustentadamente aumentado a diferença para os seus adversários que se cifrou no final em cerca de 56s. “Naturalmente que jogar num rali em casa facilitou o nosso desempenho. Entramos muito bem no rali e mantivemos sempre um ritmo alto para não perder a concentração. Como o carro esteve impecável acabamos por alcançar uma boa vitória”, referia um tranquilo Ricardo Roda no final do rali.
Desportivamente foi Pedro Antunes que assumiu as despesas de ir atrás de Roda na luta pela vitória, apesar dos 25s cedidos logo no primeiro dia. No segundo dia Pedro Antunes ainda venceu dois troços, mas cedo reparou que o importante era fazer quilómetros e não arriscar uma saída de estrada tanto mais que os restantes adversários também tinham azares. “Correu muito bem e os objetivos de rodar muito e fazer quilómetros foram muito importantes nesta prova, que permitam uma evolução interessante ao longo do rali”, dizia no final da prova Pedro Antunes.
Difícil foi o rali de Margarida Barbosa em que a persistência acabou por lhe valer um terceiro lugar da geral, mesmo depois de um problema de travões que esteve sempre presente no DS3 durante os quatro últimos troços. “Foi preciso ter muito cuidado para chegar ao final, pois o carro ficou mesmo sem travões e nada pudemos fazer a não ser concluir a prova. Apesar de tudo foi um resultado positivo” afirmava a jovem piloto Margarida Barbosa.
Num rali em que parecia condenado a ficar no terceiro lugar, Ricardo Sousa acabou por ter um furo a quatro troços do fim que o deixou no último lugar do Challenge. “Foi um rali duro onde tivemos de enfrentar novas situações de corrida. Apesar de tudo o objetivo de andar o mais possível foi plenamente atingido”, referia o reconfortado Ricardo Sousa.
Refira-se que Rafael Cardeira foi obrigado a desistir por excesso de penalização, depois de um problema na bomba de gasolina, e de André Rodrigues não ter chegado a alinhar pois o seu DS3 R1 não ficou pronto a tempo da prova.
O Challenge DS3 R1 regressa no mês de julho (17 e 18), com a realização do Rali Aguiar da Beira / Sernancelhe.

CLASSIFICAÇÃO FINAL RALI VIDREIRO
1º Ricardo Roda / Eurico Adão - 1h14m24,4s 
2º Pedro Antunes / Márcio Calisto – 1h51m21,
3º Margarida Barbosa / Carlos Magalhães – 1h19m26,1s
4º Ricardo Sousa / Carlos Silva – 1h21m02,4s

D Rafael Cardeira / Bino Santos
NP André Rodrigues / António Rodrigues

(NC – Não Classificado, NP – Não Participou)

CLASSIFICAÇÃO CHALLENGE DS3 R1 (APÓS 4 DE 6 PROVAS)
1º Ricardo Roda – 110 pontos
2º Ricardo Sousa – 64,5 pontos
3º André Rodrigues – 34,5 pontos
4º Pedro Antunes – 20,5 ponto
5º Margarida Barbosa – 18 Pontos
6º Rafael Cardeira – 15,5 pontos

Poderá consultar os tempos cronometrados do Rali Vidreiro no site www.camg.pt. Toda a informação do “Challenge” está em constante atualização no website www.challengeds3r1.com e em www.facebook.com.

Sem comentários:

Enviar um comentário