Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sábado, 27 de junho de 2015

MOURA VENCE DUELO DE GIGANTES NO NACIONAL DE RALIS

foto Ralis Online
Ricardo Moura e António Costa venceram hoje o Rali Vidreiro / Centro de Portugal depois de dois dias de intensa luta. Aquela que foi a quinta ronda do Campeonato Nacional de Ralis ficou marcada pela incerteza quanto ao vencedor numa emocionante contenda que durou desde a primeira à última classificativa.
foto Ralis Online
José Pedro Fontes, João Barros e Pedro Meireles (este a estrear o novo Skoda Fabia R5) foram os restantes protagonistas da prova com várias trocas de líder e diferenças diminutas. Fontes terminou o primeiro dia de prova na dianteira, mas seria o piloto açoriano a assumir o comando logo na pec inaugural da segunda etapa.
Pedro Meireles iniciava também o segundo dia ao ataque enquanto o piloto do DS3 R5 via-se a braços com alguns problemas mecânicos baixando para o 3º posto. João Barros e Jorge Henriques mantinham-se nesta altura no 4º lugar mas a apenas 8 segundos de Moura.
Na luta pelos melhores tempos entrava também Carlos Vieira. O piloto do Porsche conseguia vencer uma classificativa e aproximava-se do grupo da frente envolvendo-se numa interessante luta com Adruzilo Lopes pelo quinto posto.
foto Ralis Online
A classificativa número 6 marcava nova troca de líder. Irrepreensível aos comandos do Skoda Fabia, a dupla Pedro Meireles e Mário Castro somava vitórias em troços e subia ao primeiro lugar deixando Moura a 9 décimas. Entretanto mais atrás Carlos Vieira ultrapassava Adruzilo Lopes subindo ao 5º posto. Começavam a desenhar-se as posições finais embora nesta altura tudo estivesse em aberto já que as diferenças entre o primeiro e quarto classificados cifravam-se em menos de 13 segundos.
Entrava-se então nas duas derradeiras provas especiais de classificação e seria na oitava classificativa que tudo se iria decidir. Meireles não evitava 2 piões dessa forma o piloto de Guimarães abdicava da vitória caíndo para o quarto lugar. Ricardo Moura vencia a classificativa, subia ao primeiro posto e dilatava a sua vantagem para José Pedro Fontes, enquanto João Barros ascendia também ao pódio. Ao volante do menos competitivo Subaru Impreza, Adruzilo Lopes ainda conseguia recuperar o quinto lugar a Carlos Vieira, mas este não se dava por vencido e no último troço do rali dava uma eficaz resposta ao veterano piloto do Subaru recuperando a posição, beneficiando também de um furo sofrido por Adruzilo que lhe causou a perda de alguns segundos.
Fontes seria o melhor nesta pec mas os seus esforços não foram suficientes para "roubar" a vitória a Ricardo Moura. João Barros concluiu o rali no 3º lugar enquanto Pedro Meireles, o azarado do rali, não foi além do 4º posto na prova de estreia com o Fabia R5, apesar do excelente nível demonstrado.
foto Ralis Online
Nas 2 rodas motrizes, Carlos Vieira imôs o seu Porsche 997, o espanhol Gorka Antxustegui (Suzuki Swift S1600) foi o mais rápido entre os carros de tracção dianteira, mas a vitória e os pontos do campeonato ficaram na posse de João Ruivo, com o piloto de Famalicão a terminar no 13º lugar final.
No Campeonato Nacional de Iniciados, David Brites dominou totalmente e foi o natural vencedor do rali. No segundo posto esteve sempre Pedro Lago Vieira, mas o piloto do Renautl Twingo via uma transmissão ceder já nos últimos quilómetros da prova ficando fora de prova. Com o sucedido, Pedro Antunes ascendia ao segundo posto enquanto Ricardo Sousa fechava as contas do pódio.
No Challenge DS3 Ricardo Roda repetiu o resultado do Rali de Monchique com nova vitória. Pedro Antunes ficou no segundo lugar e Margarida Barbosa encerrou o pódio final.
Destaque ainda para as vitórias de Adrian Diaz na Copa Suzuki e de Fran Cima no European Clio R3T Trophy com Gil Antunes a terminar no segundo lugar.


Sem comentários:

Enviar um comentário