Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

segunda-feira, 29 de junho de 2015

MARCO CID CONTINUA LÍDER APESAR DO ABANDONO NO RALI VIDREIRO

O Rali Vidreiro – Centro de Portugal foi a quinta prova da época no Campeonato Nacional de Ralis 2 Litros / 2 Rodas Motrizes. Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva não tiveram a sorte pelo seu lado e foram obrigados a desistir com a transmissão partida.
Foi um rude golpe nas aspirações de Marco Cid, piloto natural de Leiria e que pretendia fazer uma bela prova a poucos quilómetros da sua região-natal. Líder do CNR2 antes da ronda do Clube Automóvel da Marinha Grande, o piloto do Renault Clio S1600 foi afetado por problemas de transmissão logo no primeiro troço do rali e no dia seguinte teve mesmo de desistir, devido à quebra desse órgão mecânico. “Preparei bem este rali e estava muito confiante”, referiu Marco Cid. “Só que logo no primeiro troço, a mecânica do Clio deixou-nos ficar mal e, apesar do Nuno ter tentado resolver o problema, a minha motivação já não era a mesma. 
Mas mesmo assim queria entrar no segundo dia e amealhar alguns pontos com vitórias em troços, só que logo no arranque de Caranguejeira 1 fiquei sem transmissão e tentei ir até a assistência. Ainda faltavam 3 troços e não consegui apesar das nossas cautelas. É triste pois entrei bem este ano e agora estes dois azares, nos Açores e na Marinha Grande, reduzem a nossa vantagem. Desta vez a mecânica do carro cedeu mas, acima de tudo, continuamos na frente do campeonato e isso é importante”, afirmou o jovem piloto leiriense.
Agora o CNR2 fará uma pausa até ao Rali Vinho da Madeira, sexta prova da época, agendado para os dias 31 de Julho a 2 de Agosto. Alguns concorrentes do CNR2 mostraram-se relutantes em fazer a viagem para a prova insular, alegando pouco apoio por parte da organização. Marco Cid refere que “não quero fazer grandes comentários para já e vou esperar para ver o que acontece em relação a esta situação”.

Sem comentários:

Enviar um comentário