Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

terça-feira, 28 de abril de 2015

MARCO CID VENCE EM CASTELO BRANCO E REFORÇA COMANDO NO CAMPEONATO

Segunda vitória em três provas para Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva, desta feita no asfalto do Rali de Castelo Branco: Piloto do Renault Clio S1600 esteve irrepreensível ao aliar rapidez às melhores escolhas de pneus.
Está a ser um início de época notável para um dos mais jovens pilotos do Campeonato Nacional de Ralis. Marco Cid obteve no passado fim-de-semana em Castelo Branco a segunda vitória consecutiva no CNR2 (Campeonato Nacional de Ralis 2 Litros / 2 Rodas Motrizes), repetindo o triunfo da ronda anterior em Guimarães. O jovem piloto de Leiria esteve no comando logo desde a primeira especial de sábado e soube evitar as armadilhas que condicionaram alguns dos seus adversários. “Para começar tivemos a Super Especial noturna e vou repetir que estas não são muito do meu agrado, sobretudo porque estes carros de corrida são feitos para andar em troços rápidos. Mas eu compreendo que são classificativas para o público”, referiu Marco Cid. “Pelo menos esta de Castelo Branco até serviu para ver os pneus para o dia seguinte e as afinações do carro, devido ao piso escorregadio. É de salientar o imenso publico nos dois dias de prova. No sábado apostei numa mistura macia da Michelin e fiquei muito agradado pois nunca tinha andado com estes pneus. Sei que colegas meus fizeram escolhas diferentes e isso também teve influência devido à grande neutralização e à chuva que caiu. O troço que realmente fez a diferença foi a primeira passagem por Fórneas/Estreito, com quase 30km pois ganhei muito tempo. De tarde geri o andamento e não arrisquei nada”, analisou o piloto do Clio S1600.
“Estou contente pela vitória mas não tem o mesmo sabor da de Guimarães, que foi um rali que ganhei na estrada. Foi pena os azares de quase todos os meus colegas das 2 Rodas Motrizes mas é apenas a vida nos ralis. Quero aqui deixar uma força para o navegador do João Ruivo, o Emídio Magalhães”, apontou Marco Cid aludindo ao acidente sofrido por um dos seus adversários diretos.
“Este início de época está a correr muito bem. É fruto do trabalho de todos na equipa e dos patrocinadores. Agora é continuar o trabalho até ao fim pois ainda falta muito campeonato, não se pode descansar. Sinto que este ano já uso mais o potencial do Clio, já tinha sentido isso em Guimarães mas esta prova, como foi à chuva, tinha outras limitações que também foram exploradas”, concluiu o líder isolado do CNR2.
A quarta prova do campeonato será o emblemático SATA Rallye dos Açores, de 4 a 6 de Junho.

Sem comentários:

Enviar um comentário