Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 1 de julho de 2015

TEAM MANAIACAR NOVAMENTE TRAÍDO PELA MECANICA

O “Team Manaiacar” voltou a não ter a sorte de seu lado em mais uma jornada do Campeonato Nacional Clássicos de Ralis 2015.
Nas ‘especiais’ de abertura do Rallye Vidreiro – Centro de Portugal, a dupla de Lourosa mostrou as suas reais pretensões quanto ao resultado em prol do qual estavam dispostos a lutar, a vitória final, na tentativa de recuperar ao máximo o atraso pontual no campeonato.
A passagem pela ‘super-especial’ terminou com o segundo posto a 0,2s do líder, mas tudo se viria a alterar na primeira passagem por ‘Caranguejeira’ onde Joaquim Bernardes e Laurinda Alves assumiram a liderança da prova com uma vantagem de 18,1s sobre o Porsche 911 do seu mais directo adversário. Nas seguintes especiais a dupla do Golf GTi #81 manteve o comando do rali, mas toda e qualquer opção de vitória viria a terminar na sexta ‘especial’...”A caixa de velocidades cedeu e impediu-nos de alcançar, pelo menos, um lugar no pódio final, o que seria excelente para a nossa recuperação pontual no campeonato,” começou por dizer Joaquim Bernardes.
“Apesar do melhor conhecimento do terreno e da superior potência do Porsche do nosso principal adversário, estávamos a imprimir um andamento bastante forte para tentar contrariar essa supremacia. 
Sabíamos que a vantagem de 7,7s com que estávamos a duas especiais do fim da prova nos permitiam garantir um dos dois primeiros lugares no rali, mas as corridas são assim, mesmo que este ano já esteja a ‘passar das marcas’. Não vamos desistir e, juntamente com a M.CO vamos já começar a preparar a próxima prova, na qual é imperioso pontuar!” concluíu Joaquim Bernardes.

Sem comentários:

Enviar um comentário