Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quinta-feira, 16 de julho de 2015

BOOM BAP RACING TEAM CONSEGUE DUPLO PÓDIO EM VILA REAL

O Campeonato Nacional Legends Classic Cup teve a sua passagem em Vila Real onde decorreu o Circuito Internacional de Vila Real que contava com a presença do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo. O publico aderiu em força, a organização aponta para 200 mil pessoas ao longo do fim de semana, dando um colorido especial à prova.

A Boom Bap Racing Team marcou presença com Paulo Silva, que tripulou o BMW E30 325i e subiu ao pódio nas duas corridas, para levantar a taça de 3º classificado na categoria PH90, tendo terminado em 7º e 5º lugar da classificação geral na corrida 1 e 2 sendo que estes resultados só foram possíveis com o apoio dos seus patrocinadores, BOOM BAP WEAR FRANCE LDA (www.boombapwear.com), BB Toldos, TransR, Tipografia de Priscos, CRCarParts – réplicas em fibra, Ofirodas, JC Suspensões e Mr. Wheeler Motorsport
Relativamente à corrida 1, Paulo Silva adiantou: “Depois dos treinos sabia que seria muito complicado ultrapassar durante a corrida, pois os pontos de ultrapassagem desapareceram por completo com as alterações nas chicanes que as tornaram mais lentas. Na partida não consegui ultrapassar nenhum adversário e fiz a corrida toda atrás do Pedro Alves, que se defendeu muito bem de todos os ataques que realizei. No final terminei a corrida em 3º Lugar da categoria, o que é bastante positivo pois é impossível fazer face aos muitos cavalos que os carros dos meus adversários na categoria têm.”
A segunda corrida disputada sob imenso calor na tarde de domingo, foi demasiado confusa, com acidentes e safety-car tendo terminado com bandeira vermelha. “A segunda corrida estava a correr bem até à entrada do primeiro safety-car, tinha ascendido a 5º e estava-me a aproximar do 4º, após a saída do safety-car efectuamos mais uma volta, e de novo um acidente motivou a entrada em pista do safety-car. Com o tempo de corrida a chegar ao fim, seria de esperar a bandeira de xadrez em situação de safety-car, no entanto a direcção de prova optou pela bandeira vermelha e como tal a classificação final baseada na última volta “limpa” não reflecte o que se passou na pista.” comentava Paulo Silva no final da corrida

Sem comentários:

Enviar um comentário