Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 17 de julho de 2015

JOAQUIM TEIXEIRA: "FOI UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL PARA AS PESSOAS DA REGIÃO"

Habitual concorrente do Campeonato Nacional de Montanha, Joaquim Teixeira esteve desta vez envolvido em duas provas do Circuito de Vila Real, o CNV e o Troféu Abarth, onde não teve a sorte pelo seu lado.
O piloto de Murça fez questão de realçar, em primeiro lugar, a verdadeira celebração do automobilismo que teve lugar no passado fim-de-semana na cidade transmontana: “Foi um fim de semana inesquecível para as pessoas desta região, com milhares e milhares de espectadores e com a transmissão do Eurosport, TVI e Autosport Tv a levar Vila Real aos quatro cantos do mundo”.
Presente com o Porsche 997 GT4 no CNV e com o Abarth 500 no troféu do pequeno carro italiano, Joaquim Teixeira afirma que “em termos meramente desportivos, foi um fim de semana para esquecer. Acho que fui o piloto mais azarado do fim de semana. Na sexta-feira saltou a roda da frente do Abarth nos treinos cronometrados, o que originou um toque nos rails. No sábado na primeira corrida do troféu, estava a recuperar posições quando um adversário se despistou à minha frente, o carro dele bate nos rails e sai disparado para o meio da pista vindo a embater no meu. Terminei ali a minha corrida. No domingo o Abarth 500 começou logo a fazer um barulho estranho ao curvar para a direita, e acabou por partir uma manga de eixo, obrigando-me novamente a desistir.

No Porsche, a corrida de sábado correu bem pois consegui vencer o grupo GTS e obtive o 5º lugar na classificação geral dos GT´s. Na segunda corrida foi mostrada a bandeira para ceder passagem ao primeiro classificado, encostei tudo à direita na zona de Abambres e quando voltei a acelerar para retomar a subida para Mateus, a roda traseira direita apanhou uma zona suja com areia e o Porsche saiu disparado para a esquerda, acabando por embater nos rails de proteção e terminando a minha prova. Tive mesmo muito azar mas de qualquer forma nem eu nem qualquer piloto desta região iremos esquecer o orgulho de ter Vila Real nas bocas do mundo”, concluiu Joaquim Teixeira.

Sem comentários:

Enviar um comentário