Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quinta-feira, 2 de julho de 2015

FERNANDO TEOTÓNIO COM RALI PARA ESQUECER

Fernando Teotónio e Luís Morgadinho não tiveram uma prova fácil no Rallye Vidreiro, prova esta que se disputou em piso de asfalto e foi pontuável para o Campeonato FPAK Ralis Centro.

A equipa partiu motivada e disposta a repetir o triunfo da prova anterior num rali que contou com um excelente lote de pilotos candidatos ao lugar mais alto do pódio.  
A equipa do Mitsubishi EVO VII preparado pela equipa da Domingos Sport Competição voltou a estar num bom nível rodando sempre nos lugares do pódio. Na segunda passagem por Espite não ganharam para o susto quando já depois da passagem da célula da tomada de tempos um pião seguido de um toque os levou a capotar o EVO. 
Mesmo com o carro danificado a equipa não baixou os braços e conseguiu levar o Mitsubishi até ao pódio final assegurando a segunda posição da geral.
Contudo a equipa veio a ser desclassificada da prova após a verificação final onde o colégio de comissários técnicos, alegaram que os travões utilizados no EVO não estão de acordo com a ficha de homologação do EVO VII.
Como salienta o piloto do Fundão “o rali em si correu bem, dentro daquilo que esperávamos andar, tivemos o percalço com uma cambalhota completa que nos deixou o carro completamente desalinhado mas ainda assim conseguimos manter em prova e garantir a segunda posição da geral.

Já no final da prova fomos surpreendidos com a decisão da desclassificação na prova devido aos travões que utilizarmos não estarem conforme a ficha de homologação do carro.
O colégio afirma que os travões a utilizar deveriam ser de 355 mm, nós estamos a utilizar uns de 340 mm, portanto em nada estávamos a ser beneficiados. Toda a nossa equipa está de consciência tranquila, andamos neste desporto já há alguns anos e os nossos adversários sabem que sempre tivemos uma conduta correta. Além disso estamos a utilizar estes mesmos travões desde que estreamos este carro, este ano, neste mesmo campeonato, o mesmo já foi verificado várias vezes e inclusive pelas mesmas pessoas e estranhamos só nesta prova nos confrontarem com esta situação de irregularidade técnica.
Devido a esta atitude no momento estamos a repensar a nossa continuação no campeonato, da parte de toda a equipa não existe vontade para tal, mas acima de tudo queremos dignificar o compromisso com os nossos patrocinadores e por isso mesmo iremos tomar uma decisão que vá de acordo com o melhor para todos”.

Sem comentários:

Enviar um comentário