Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 3 de julho de 2015

JOAQUIM ALVES: "NO ASFALTO TEMOS DE EVOLUIR AINDA MAIS"

A Cesar Racing Rallye Team prosseguiu o seu programa desportivo de 2015 com a 5ª ronda do Campeonato Nacional de Ralis, o Rallye Vidreiro.
A prova que teve palco na Marinha Grande contou com uma excelente lista de participantes, onde até as condições meteorológicas ajudaram em pleno para um grande evento desportivo que contou com muito público.
Joaquim Alves e Pedro Alves prosseguiram a sua evolução com o Skoda Fabia S2000 voltando a registar bons cronos, mas desta feita a não terem a sorte do seu lado, com dois furos a comprometer o resultado final.
Na sexta feira os troços muito rápidos em nada favoreciam a motorização atmosférica do Skoda Fabia S2000, que naturalmente perde para as motorizações turbo, com uma velocidade de ponta bem maior. Ainda assim a equipa rodava dentro do top ten, perspetivando recuperar algumas posições no sábado nos troços bem mais adequados ao S2000.
Contudo no sábado as especiais estavam muito sujas, com muitos cortes e a dupla foi uma das muitas equipas que furaram, perdendo bastante tempo e com isto ficarem arredados de um bom resultado final.
Como refere o piloto de Cesar “Não tivemos uma prova fácil, num rali com classificativas muito interessantes e muito rápidas. 
A nossa estratégia para este rali passava por tentar perceber melhor os limites do carro em asfalto, e imprimir um ritmo cada vez mais forte à medida que a confiança fosse aumentando nas segundas passagens.
Numa prova que ficou marcada pelos muitos pneus furados nas passagens pela especial do Farol, também acabamos por furar, 2 vezes, o que nos fez perder vários minutos e nos afastou do Top 10.
Apesar de termos melhorado vários aspetos face a provas anteriores, ainda não conseguimos alcançar o patamar que pretendemos em pisos de asfalto, pelo que temos de continuar a evoluir e a trabalhar mais nas próximas provas”.
Pedro Alves faz também um balanço positivo da prova salientando que “Foi um rali difícil para nós. Entramos de forma regular nas especiais de sexta feira que não eram as mais indicadas para o Skoda. No dia seguinte não fomos felizes, furamos e perdemos bastante tempo, mas as corridas são assim mesmo, nem sempre corre como o planeado, no entanto conseguimos evoluir em vários aspectos mas consciente que precisamos de bem mais e como tal temos muito trabalho pela frente e é nesse mesmo sentido que pretendemos continuar passo a passo”.
Joaquim Alves e Pedro Alves levaram o Skoda Fabia S2000 à 14ª posição da geral, 7º entre os concorrentes do Campeonato dos RC2.

Sem comentários:

Enviar um comentário