Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 6 de março de 2016

TAÇA FPAK: JOSÉ MERCEANO VENCEU PROVA DE ABERTURA

Num rali particularmente duro para as mecânicas, o Rali Serras de Fafe acabou por ser um teste à resistência das maquinas. Foram sete os concorrentes que resistiram ao desafio acabando a vitória por sorrir a José Merceano na Taça FPAK de Ralis de Terra.

Na primeira etapa Luis Mota e Alexandre Ramos começaram por liderar na primeira classificativa mas seria Merceano a dar a resposta na pec 2 assumindo a liderança. Estava dado o mote para uma luta a dois que iria durar quase todo o rali.
A segunda etapa começava com nova troca de comando com Luis Mota a superar José Merceano "aguentando" a posição até à pec 5, quando os ataques de Merceano o recolocaram na liderança. numa altura em que o motor do Lancer Evo VII de Mota já denotava alguns problemas. A partir deste momento o piloto do Cartaxo preocupou-se mais em segurar o resultado e a vitória ficaria mesmo na posse da dupla José Merceano / Francisco Pereira.
Com os dois primeiros lugares definidos, o degrau mais baixo do pódio iria para as mãos dos irmão Manuel e Adriano Pereira. Estes viram-se a braços com vários problemas mecânicos no seu Mitsubishi Lancer Evo VII pelo que terminar o rali foi a meta traçada. A dupla acabaria por ser recompensada com um lugar no pódio.
Eugénio Madureira e António Duarte concluiram o rali na 4ª posição à frente dos vencedores das duas rodas motrizes António Oliveira e Jorge Antunes, a bordo do "imbatível" Peugeot 205 GTi.
José Gomes / António Campos (Citroen Saxo) e Domingos Camões / Bruno Sousa (BMW) concluíram por esta ordem nas posições seguintes.
A Taça FPAK de Ralis de Terra segue para Gondomar com a realização do rali do GAS a 1 e 2 de Abril.

Sem comentários:

Enviar um comentário