Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sábado, 22 de abril de 2017

NUNO MATOS DE REGRESSO AO PÓDIO

Depois de, no arranque deste Marocco Desert Challenge, a dupla Nuno Matos / Nuno Rodrigues da Silva se ter estreado em África com um 2º lugar na etapa inaugural, ei-los de novo na 2º posição num dia em que, partindo de trás, foram obrigados a muitas, mesmo muitas ultrapassagens.

Cumprindo os 405 quilómetros de setor seletivo em 6 horas mais 1m01s, terminaram entre a Toyota Overdrive do belga Erwin Imschoot e a Ford Ranger da equipa South Racing pilotada pelo checo Tomas Ouredniek, duas formações que partiram das primeiras posições e portante sem necessidade de efetuar as ultrapassagens que teve a dupla do Opel Mokka Proto.
O traçado que ligou Merzouga a Tendrara e que cruzou as planícies de Hamada e o planalto de Rekkam encantou o atual campeão nacional de todo-o-terreno:
“A especial foi absolutamente fantástica, muitíssimo rápida com exceção de uns 50 quilómetros finais praticamente de trial. Passamos muita gente, alguns com mais facilidade outros com menos, mas a especial foi fantástica, diverti-me outra vez muitíssimo. Para já o que me apetece dizer é que estou absolutamente cliente destas corridas” salientou à chegada Nuno Matos, num dia grande para os portugueses em prova, todos eles no pódio das respetivas categorias.
Amanhã disputa-se a sétima e derradeira etapa desta competição africana que, ao longo de 178km ligará Tendrara a Oujda, uma especial como habitualmente mais curta, mas que poderá ser decisiva na classificação final. Pistas rápidas que vão alternar com passagens de montanhas, campos, oueds que exigem total concentração e uma navegação irrepreensível.

Sem comentários:

Enviar um comentário