Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

MARCO CID: "EMOCIONEI-ME QUANDO TERMINAMOS O ÚLTIMO TROÇO"

Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva sagraram-se Campeões Nacionais de Ralis 2 Litros / 2 Rodas Motrizes, chegando ao grande objetivo da época com uma exibição quase perfeita no Rali Casinos do Algarve. 

O piloto de Leiria, um dos mais jovens valores do Campeonato Nacional de Ralis, venceu dois troços no sábado e depois controlou o seu adversário no domingo, terminando no segundo lugar entre os pilotos do CNR2. Uma prova muito inteligente que só não foi melhor porque o Renault Clio S1600 pregou algumas partidas à dupla de pilotos. Marco Cid conta como foi a prova de consagração: “Esta prova do Algarve começou no domingo anterior com os reconhecimentos oficiais. Apesar da muita chuva, tirámos boas notas de andamento e apostámos nos troços de sábado porque eram mais do meu agrado e mais adequados ao nosso carro, devido ao raport “curtinho" da caixa. Na 5a feira fiz um pequeno teste em que o carro estava OK, dentro dos possíveis. 
No dia seguinte mais reconhecimentos e novamente com a mesma estratégia. Chegou o dia de sábado e, como estava planeado, entrei forte usando o factor surpresa. Consegui o primeiro objetivo que era ganhar um troço. Logo no troço seguinte, o carro ficou com o launch control preso no On e as rotações não subiam. Depois de vários resets ao carro lá conseguimos andar mas sempre em regime alternado de rotações. O terceiro troço foi igual ao primeiro e voltei a atacar, dando por terminado o objetivo de ganhar dois troços. No domingo o dia foi pacifico, tudo controlado. O carro começou a dar de si mas levou-nós até ao fim e ganhámos o campeonato. Ganhei com uma margem confortável na pontuação, gerindo prova a prova e mantendo o interesse do público. 

Tenho de referir que fiquei triste pelo facto do meu principal adversário ao longo do ano, o Paulo Neto e o Vítor Hugo, não terem participado no Algarve”, referiu o novo campeão nacional. 
Marco Cid também descreveu as sensações de um título tão disputado: “É uma sensação espetacular chegar ao controlo do último troço. Emocionei-me quando terminámos o troço. Ter a família lá à espera também foi muito bom”, disse Marco Cid. 
O jovem campeão do CNR2 fez questão ainda de agradecer a diferentes pessoas e empresas que o auxiliaram nesta conquista: “Quero agradecer aos excelentes pneus Michelin e ao sr. Magalhães por acreditar em mim. São sem duvida a marca dos campeões. Obrigado aos patrocinadores MOPIC ANGOLA e EXACLEAN ANGOLA pela ajuda neste projeto, assim como à Heads Motorsport e à equipa P&B Racing. Um agradecimento muito especial ao meu pai, que tem tornado tudo isto possível, e à restante família e amigos. Uma palavra para o Nuno Rodrigues da Silva, porque simplesmente não se fazem omeletes sem ovos”.

Sem comentários:

Enviar um comentário