Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

FORD FIESTA R5 EM ESTREIA NACIONAL NO RALI DE VIANA DO CASTELO

A cinco dias do encerramento das inscrições para a segunda edição do Rali Viana do Castelo, o Clube Automóvel de Santo Tirso (CAST) tem para já garantidas 38 equipas inscritas provisoriamente. A prova é pontuável para o Campeonato Regional de Ralis do Norte, contando ainda com uma prova extra aberta a veículos com homologação.

E é na parte relativa às viaturas homologadas que o CAST apresenta um dos maiores atrativos da prova: A estreia em território nacional do Ford Fiesta R5, a viatura da nova geração de carros de ralis de topo para os campeonatos regionais FIA.
A tarefa da estreia está a cargo de João Barros, piloto que está já a preparar a temporada de 2014 e para tal adquiriu uma destas novas viaturas à M-Sport, empresa responsável pelo envolvimento da Ford nos ralis mundial. A nova viatura de João Barros esteve a ser montada esta semana nas instalações da M-Sport na região da Cumbria no Reino Unido, estando previsto o primeiro teste já esta 5ª feira nos arredores das instalações de Dovenby Hall.
Para Carlos Guimarães, Presidente do CAST, “foi uma agradável surpresa ter recebido o contacto do João Barros a sondar-nos da possibilidade de estrear na nossa prova o Ford Fiesta R5. Por um lado é o reconhecimento do nosso trabalho a organizar provas e do valor do Rali de Viana do Castelo, por outro lado esta estreia é um excelente atrativo para o publico numa altura em que os ralis exclusivamente regionais lutam com adversidades diversas em Portugal.”
Esta estreia está obviamente condicionada à chegada atempada do carro a Portugal, no entanto Carlos Guimarães garantiu que “hoje mesmo recebi a confirmação por parte do Jorge Henriques (ndr. navegador de João Barros) de que os timmings estão dentro do planeado e que o carro será estreado no Rali de Viana do Castelo.”
Dado o facto do Ford Fiesta pertencer à novíssima classe “R5” de ralis do mundial que ainda não tem regulamentação em Portugal, o CAST solicitou à FPAK um esclarecimento relativamente à forma de como o carro pode alinhar na prova de Viana do Castelo. “Ainda estamos a aguardar a resposta da FPAK. No entanto, mesmo que regulamentarmente seja impossível o carro competir, ela estará à partida como carro “0” permitindo ao João Barros efetuar o teste e estreia a que se propôs na nossa prova.”
Em relação às inscrições, Carlos Guimarães mostrou-se satisfeito com o número e qualidade de equipas constantes na lista provisória. “Gostaríamos de chegar aos 50 inscritos, e tal ainda é possível de atingir porque as inscrições apenas encerram na próxima 2ª feira. Para já, a lista que possuímos é muito boa para um rali do regional. Ainda temos algumas inscrições pendentes, e pode ser que tenhamos mais surpresas agradáveis,” concluiu.

Sem comentários:

Enviar um comentário