Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

terça-feira, 1 de outubro de 2013

ALEXANDRE FRANCO CONQUISTA RESULTADO HISTÓRICO

Os alenquerenses Alexandre e Rui Franco levaram a Nissan Navarra T2 a um histórico terceiro posto absoluto na Baja TT Idanha-a-Nova, conquistando o seu primeiro pódio à geral no Campeonato de Portugal de Todo o Terreno.

Alexandre Franco começou por nos dizer que “é costume dizer-se que quem procura sempre alcança. Só em sonho poderia imaginar um resultado destes no primeiro ano de todo o terreno”.
“Tinha a certeza que se chovesse seria melhor para nós, pois a lama iria minimizar a falta de potência do nosso carro, o que acabou por acontecer. Sem querer arriscar nada no prólogo, acabei por ficar surpreendido com o nosso quinto tempo á geral e aí pensámos – Amanhã vamos a andar a fundo”, continuou o piloto da Scuderia Goldentrans/Dura Automotive Systems, que deixava para trás a armada dos bem mais competitivos T1 na dupla passagem pela Super Especial, que abriu a prova e que decorreu debaixo de um verdadeiro dilúvio.
No sábado as equipas encontrariam um sector selectivo com mais de trezentos e cinquenta quilómetros, com a dupla Alexandre e Rui Franco a entrar muito forte desde bem cedo, levando-os a contar com uma vantagem de cerca de cinquenta segundos para os segundos no T2 até meio da prova.
No entanto, “quando comandávamos o T2 e a cerca de vinte quilómetros do final, vi a Inês Ponte (navegadora de Pedro Grancha) a pedir ajuda e parei. Acabei por não os conseguir ajudar e perdemos a vantagem que trazíamos. Quando arrancámos para o segundo sector selectivo, estava confiante que poderia ser mais rápido, pois o piso estaria mais limpo. Por volta do quilómetro 22, a traseira da Navarra passou-se completamente e levou-nos a bater com violência numa pedra, danificando a jante. Em virtude dessa situação, fomos obrigados a parar para trocar a roda, num toque que ainda nos danificou o eixo traseiro. Apesar dessa situação, continuámos a dar tudo e lembro-me do meu irmão dizer que estávamos a saltar em quinta a fundo sem suspensão, mas respondi-lhe, que este era o nosso dia. No fim, a alegria tomou conta de toda a nossa equipa pelo terceiro posto absoluto na prova e segundo no T2”, contou ainda Alexandre Franco, sendo já este o melhor resultado de uma equipa da categoria T2 em época de estreia no Campeonato de Portugal de Todo o Terreno.
O piloto que corre com a Nissan Navarra preparada e assistida pela Prolama, aproveitou para “dedicar este resultado á Goldentrans e á Dura Automotive Systems, assim como a todas as pessoas que desde a Ervideira acreditam em nós e nos foram ajudando ao longo o campeonato. O Vice-Campeonato conquistado na Categoria T2 é de todos eles”.
Após Idanha-a-Nova, o Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno ruma agora para Portalegre, onde nos dias 31 de Outubro, 1 e 2 de Novembro se irá correr a Baja Portalegre 500, com a Scuderia Goldentrans/DURA Automovite Systems a partir ainda com chances de terminar a temporada no quarto posto absoluto do Campeonato.

Sem comentários:

Enviar um comentário