Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 21 de março de 2014

FILIPE MOREIRA TERMINA MAIS CEDO RALI ATRIBULADO

O piloto trofense Filipe Moreira, acompanhado por Sérgio Aguiar a bordo do seu BMW, alinhou à partida do Rali Gondomar é D'Ouro - Lomba no passado fim de semana. O piloto, que se havia estreado em ralis nesta mesma prova em 2013, tinha como objectivo conseguir melhorar a prestação evidenciada na sua estreia fazendo-se valer da experiência entretanto acumulada. No entanto, Filipe Moreira e Sérgio Aguiar acabariam por ser afectados por inúmeros problemas que viriam a ser determinantes para a desistência da dupla.

Com 4 passagens previstas para o traçado da Lomba, o rali ficava marcado logo nos metros iniciais pelo despiste sofrido pela equipa. Uma saída de estrada que iria condicionar toda a restante prova de Filipe Moreira, já que os danos causados afectavam a direcção e sobretudo a caixa de velocidades cujo apoio cedeu. 
Com a ajuda do público presente, ainda foi possível à dupla prosseguir em prova e Filipe Moreira conseguia mesmo chegar à assistência para tentar proceder às reparações possíveis mas os danos provocados pelo despiste acabaram por ser impossíveis de reparar, não restando à dupla tentar levar o carro até ao fim do rali.
A segunda classificativa seria feita num ritmo cauteloso embora com muitas dificuldades já que as curvas mais acentuadas só eram possíveis de fazer com recurso ao travão de mão, tarefa que se tornava ainda mais complicada devido à quebra do apoio da caixa de velocidades. Ainda assim, e apesar das adversidades, Filipe Moreira e Sérgio Aguiar atingiam o final da pec, prosseguindo em prova. Mas na classificativa seguinte, a caixa de velocidades acabaria por ceder de vez, em virtude dos danos sofridos no início do rali, e a desistência da equipa seria inevitável.
Sérgio Aguiar, navegador do piloto da Trofa, conta-nos que "o despiste inicial acabou por defraudar as nossas expectativas. Nesse momento só nos foi possível prosseguir em prova graças à ajuda do público e conseguimos terminar o troço mesmo no tempo limite. Só que com o despiste, o carro ficava demasiado afectado e tivemos de abandonar depois da caixa de velocidades partir."
A equipa não deixa de endereçar um forte agradecimento "ao  Jacinto Torres, ao Jacinto Oliveira e a toda a  equipa Electro Malange por toda a ajuda que nos deram na assistência, quando tentamos reparar o BMW", realça Sérgio Aguiar que destaca que "apesar de adversários na estrada, estiveram incansáveis na ajuda que nos deram e a desistência foi um final inglório para todos depois do esforço feito. A todos eles o nosso muito obrigado."

Sem comentários:

Enviar um comentário