Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 18 de maio de 2014

DIOGO GAGO MELHOR RC4 NACIONAL NOS AÇORES

Diogo Gago e Jorge Carvalho foram os melhores portugueses na categoria RC4 no Sata Rallye Açores, inscrevendo ainda o seu nome entre os vencedores de especiais no Europeu de Duas Rodas Motrizes.

Numa prova tradicionalmente dura, mas igualmente bastante do agrado dos concorrentes, Diogo Gago e Jorge Carvalho tiveram no Sata Rallye Açores um dos grandes desafios da presente temporada, voltando a sair com nota bastante positiva, apesar dos problemas mecânicos no Citroen C2 R2.
No primeiro dia de competição, cedo a dupla ficou sem direcção assistida no pequeno carro francês, acabando por ceder segundos preciosos para a concorrência. Apesar de se terem assumido como os mais rápidos a nível nacional na categoria, vencendo cinco especiais na primeira etapa, Diogo Gago e Jorge Carvalho viriam a ver um apoio da caixa de velocidades ceder durante a manhã de sexta-feira, impedindo-os de continuar a recuperar para os líderes. Já nas segundas passagens, foi a vez de algumas especiais serem neutralizadas, o que tornou a prova mais curta do que o previsto, impedindo-os de recuperar face aos líderes, terminando em segundo a cerca de dez segundos dos vencedores.
Falando sobre a primeira etapa da prova, o jovem piloto que conta com os apoios do Hotel Pedras Rubras, Pedro Pinto Automóveis, Pirelli, QF-Lda, Mariscos Galvão e Municipio de São Brás de Alportel dizia que “não foi fácil pois tivemos vários problemas mecânicos, mas finalmente conseguimos levar o carro até ao final. A nossa equipa técnica fez um excelente trabalho, pois foi solucionando na assistência os problemas que nos foram surgindo. Esta é uma prova muito dura para um carro de duas rodas motrizes e por isso estamos satisfeitos pelos importantes pontos que somámos para o campeonato”.
Já na segunda e derradeira etapa, Diogo Gago e Jorge Carvalho viriam a vencer mais quatro especiais na RC4 nacional, concluindo o Sata Rallye Açores como os melhores 2RM entre os habituais concorrentes do Nacional de Ralis.
No final da prova, Diogo Gago dizia que “nesta última etapa do Sata, continuámos a recuperar posições e somámos mais algumas vitórias em especiais na nossa categoria entre os pilotos portugueses. Para além da recuperação que fizemos, ainda conseguimos colocar o nosso nome como vencedores de especiais no Europeu de Ralis de Duas Rodas Motrizes, onde a competitividade é muitíssimo alta, pelo que temos que sair dos Açores felizes pelo que fizemos e com o sentimento de que uma vez mais provamos a nossa rapidez”.

Sem comentários:

Enviar um comentário