Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

terça-feira, 27 de maio de 2014

ADEMAR PEREIRA: DE MAÇÃO PARA LOUSADA, UM NOVO DESAFIO

fotografia FULL ATTACK REPORT
Foi no passado fim de semana que o piloto vianense Ademar Pereira teve a sua estreia absoluta no Nacional de Rallicross, acompanhando o arranque da temporada em Mação. Inserido na categoria “Super Nacional”, o piloto da Recirosa Competições partia com os objectivos centrados na maximização da aprendizagem na modalidade e, embora os resultados estivessem em 2º plano, o piloto não iria deixar de tentar rodar o melhor possível para ver onde se podia colocar comparativamente à concorrência.

Revelando uma fácil adaptação à pista, Ademar Pereira efectuou os treinos sem grandes sobressaltos e, rodando constantemente dentro dos 4 primeiros lugares, os tempos iam melhorando manga após manga, deixando antever boas perspectivas para a prova.
Porém, já após a conclusão do programa de corridas do primeiro dia, a caixa de velocidades do Clio viria a ceder, obrigando a equipa técnica da Box 64 Motorsport a horas extra, na tentativa de colocar o carro em pista para o dia seguinte..
Após uma noite de intenso trabalho, o problema conseguia ser resolvido e o piloto apresentava-se motivado para tentar melhorar o seu desempenho, mas os azares não tinham terminado e logo na fase inicial do 2º dia, era a quebra dos pernos da roda dianteira direita a provocar calafrios ao piloto.
Reparada a quebra, o Clio apresentava-se novamente à partida para mais uma manga, mas o problema pressistia e novamente a roda ganhava “vontade própria”, anulando de vez qualquer tentativa de rodar a um bom ritmo.
Com todos estes problemas, Ademar Pereira acabava por se ver impedido de alinhar na final, terminando a sua participação com o 5º lugar.
Para o piloto “o resultado final acaba por ser frustrante pois senti que estava a melhorar volta após volta e tenho a noção que podia aumentar o ritmo tentando aproximar-me dos pilotos da frente. Além disso, o problema com a roda foi também um desfecho inglório para a equipa que, depois de todo o esforço dos mecânicos a reconstruir a caixa de velocidades, não mereciam este desfecho.”
Apesar de tudo, o piloto sai de Mação com algum optimismo: “O andamento que consegui imprimir, a rápida adaptação ao carro e à pista, e a consciência de que podia aumentar o ritmo de prova deixam-me bastante satisfeito e optimista para as próximas provas”, afirma Ademar Pereira.
A equipa prepara-se agora para o próximo desafio: “Vamos estar em Lousada já no próximo fim de semana e temos esperança que desta vez tenhamos no Renault Clio um aliado. Os objectivos são os mesmos com que partimos para Mação. Queremos progredir na nossa aprendizagem dentro da modalidade e conseguir melhorar volta a volta para ver até onde podemos ir na classificação” conclui.
A Recirosa Competições aproveita para agradecer o apoio de todos os patrocinadores, bem como à equipa técnica da Box 64 Motorsport que tem sido incansável na resolução de todos os problemas que vão aparecendo.

Sem comentários:

Enviar um comentário