Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 19 de maio de 2017

RALI DE PORTUGAL FESTEJA 50 ANOS COM GRANDIOSO ARRANQUE

Um enorme ambiente de festa e euforia abriu as hostilidades daquela que é a 50ª edição do Vodafone Rali de Portugal. A manhã do primeiro dia iniciou com o shakedown, uma prova teste que fez as delícias de muitos milhares de espectadores presentes no Circuito de Baltar.
Sem fins desportivos, fica o registo do melhor tempo conseguido pelo espanhol Dani Sordo, que realizou os 4600 metros do traçado em 3 minutos e 6,9 segundos, menos uma décima de segundo que o Campeão do Mundo em Título Sebastien Ogier.
A parte competitiva do rali teve início no Eurocircuito de Lousada e uma vez mais o público foi presença massiva para ajudar a uma grandiosa super especial onde espetáculo e competitividade estiveram de mãos dadas.
A Hyundai acabou por se destacar nesta Super Especial de Lousada colocando os seus 3 carros nas 5 primeiras posições da geral. Thierry Neuville foi o mais rápido da equipa e também o mais rápido do rali, empatado com Mads Ostberg, ao volante de um Ford Fiesta WRC 2017 “privado”. Tanto Ostberg como o piloto da Hyundai realizaram 2 minutos e 36,6 segundos nestes 3360 metros da Pista da Costilha terminando o primeiro dia de rali na liderança.
Hayden Paddon coloca-se para já no terceiro posto a somente 1 décima de segundo dos homens da frente enquanto na quarta posição surge o britânico Elfyn Evans, no Ford Fiesta com as cores da D-Mack, a 4 décimas da liderança.
Dani Sordo (Hyundai) e Sebastien Ogier (M-Sport) surgem nas posições seguintes enquanto no 7º lugar da geral o finlandês Jari-Matti Latvala pela Toyota e Stephane Lefebvre pela Citroen conquistam exactamente o mesmo tempo, em mais uma clara evidência de competitividade, já que ambos distam apenas 1,5 segundos da liderança do rali.
Na WRC 2 Andreas Mikelsen colocou o seu Skoda Fabia R5 na dianteira a 1,6 segundos do Ford Fiesta R5 de Teemu Suninen.
Na WRC 3 o polaco Jakub Brzezinski, ao volante de um Citroen DS3 R3T surpreendeu com o melhor registo enquanto o líder do campeonato Raphael Astier quedou-se pelo terceiro posto.
Único representante luso nesta competição, Miguel Campos é para já o 7º classificado a 5,4 segundos do primeiro lugar, sendo também o melhor português em prova.
Nas contas do Nacional, ao fim deste primeiro dia o comandante é Pedro Meireles.

Sem comentários:

Enviar um comentário