Páginas

BREVES

Em remodelação!! Voltaremos em breve

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Bernardo Sousa vence em Fafe. Espectacular início de temporada!

Foi com imenso público, troços espectaculares, uma recheada lista de inscritos e um dia abençoado pelo céu limpo e sol que arrancou a temporada de 2013 dos ralis nacionais.
Apontado como favorito, Bernardo Sousa, acompanhado por Hugo Magalhães, iniciou o Rali Serras de Fafe com um ritmo forte mas controlando o andamento dos seus adversários deixando o campeão em título Ricardo Moura liderar nas 2 primeiras especiais para passar ao ataque instalando-se na liderança a partir da 3ª classificativa para alcançar o primeiro triunfo da época. Para Bernardo Sousa "Foi bom voltar a vencer, mas o início não foi fácil. O carro não é dos mais competitivos em terra, especialmente no mau piso, pudemos comprovar isso nas derradeiras passagens, mas apesar disso conseguimos impor-nos à concorrência. Queria assegurar pontos para o campeonato para o caso de o fazer, e isso foi plenamente".
Ricardo Moura terminou o rali na 2ª posição. Apesar de ser o primeiro líder da prova, Moura não pode suster os ataques do vencedor da prova, revelando algumas dificuldades com o seu Mitsubishi, especialmente nas segundas passagens, devido ao mau piso. Ainda assim, o piloto açoreano mostrava-se satisfeito "Conseguimos não perder muito tempo para os S2000, facto que me deixou muito satisfeito. Entramos ao ataque mas nas segundas passagens o nosso carro tinha mais dificuldade que os S2000 em superar a degradação dos pisos. Acabamos por dosear um pouco o andamento na parte final para não correr riscos de estragar material."
A estrear em solo nacional o Skoda Fabia S2000, Pedro Meireles foi o 3º classificado. Com uma prova algo cautelosa e ainda em fase de adaptação ao novo carro, Meireles obteve uma posição que lhe abre boas perspectivas para o restante campeonato ficando a certeza que existe uma grande margem de progressão para o piloto ao volante da nova máquina. Para Meireles os objectivos foram cumpridos e não fosse uma escolha errada de pneus no início da prova, o resultado poderia ser ainda melhor: "Foi a estreia possível. Arrancamos com pneus duros de manhã, no pressuposto de que não seria legal mudar de pneus no segundo parque de assistência. Afinal toda a gente mudou de pneus, todos andaram com pneus macios e nós fizemos seis troços com pneus duros. Só no derradeiro troço montamos pneus macios, pelo que só aí estivemos ao nível dos nossos adversários, e isso reflectiu-se nos tempos."
No 4º lugar ficou José Pedro Fontes. Ao volante de um Subaru, Fontes demonstrou uma grande competitividade onde apenas um furo no início da prova travou o andamento do piloto que ainsa assim se mostrava satisfeito no final: "Foi um rali giro, diverti-me imenso. Começamos mal, furamos logo na segunda curva do rali e perdemos cerca de 40 segundos para os primeiros. Ao longo do rali fomos recuperando ritmo, porque eu não fazia um rali em terra há 5 anos, e acabamos por conseguir bater o Miguel no derradeiro troço subindo ao 4º posto. Tendo em conta todas as condicionantes, foi um bom resultado." 
De regresso aos ralis nacionais, Miguel Campos levou o seu Mitsubishi Lancer Evo X ao 5º lugar final. Com o objectivo de amealhar pontos para o campeonato, Campos não teve um inicio de rali muito fácil devido a problemas de aderência do carro. O piloto de Famalicão ainda travou uma luta interessante com Fernando Peres na fase final do rali, mas com o ascendente de forma de José Pedro Fontes, Campos acabaria por ser surpreendido por este enquanto Peres ficava de fora do rali devido a avaria.
No 6º lugar ficou o jovem Miguel Barbosa tendo ele efectuado um rali a um bom ritmo embora seja visível alguma falta de ritmo para acompanhar os pilotos com maior experiência.
Ivo Nogueira, Carlos Oliveira, Ricardo Marques e Francisco Teixeira completaram o lote dos 10 primeiros.
Destaque para a estreia da Power Stage, a ultima passagem pelo troço Lameirinha/S.Pedro, uma novidade nos ralis deste ano onde são distribuidos pontos extra aos 3 primeiros classificados. Bernardo Sousa foi o vencedor da Power Stage, obtendo 3 pontos para o campeonato seguido por Ricardo Moura com 2 pontos. José Pedro Fontes foi o 3º classificado nesta especial amealhando 1 ponto.

RICARDO MARQUES NO CPR 2L/2RM
No Campeonato reservado aos carros de 2 rodas motrizes, o Rali Serras de Fafe viu uma hecatombe de desistências com João Barros, Paulo Neto, Nuno Pombo e Armindo Neves a sofrerem problemas muito cedo deixando Ricardo Marques isolado na liderança, levando o pequeno Citroen C2 R2 Max à vitória. Joaquim Bernardes colocou o seu Renault Clio R3 no 2º posto enquanto Marco Reis, na estreia em pisos de terra, levou o Fiat Punto do Team Amazing ao último lugar do pódio.

CARLOS MARTINS IMBATÍVEL NO OPEN

No Rali Serras de Fafe - Open o vencedor foi Carlos Martins, ao volante de um Mitsubishi. O piloto de Serpa, acompanhado por Pedro Peres foi líder desde o primeiro ao ultimo troço vencendo de forma categórica o rali. Na segunda posição terminou o jovem Luis Bastos que levou o seu Mitsubishi à vitória entre os concorrentes do Nacional Junior.
O pódio do Open ficou completo por mais um Mitsubishi, o de Luis Mota, acompanhado por Alexandre Ramos. Os carros nipónicos foram os grandes dominadores da prova com o lote dos 6 primeiros a ficar completo com os Lancer Evo de Diogo Salvi, Nuno Cardoso e Vitor Ribeiro.
Nas 2 rodas motrizes, a vitória sorriu a Gil Antunes.

REGIONAL NORTE, MODELSTAND E FASTBRAVO

Presentes também em Fafe esteve o Regional Norte bem como os troféus Fastbravo e Desafio Modelstand. No Regional Norte, vitória de um Mitsubishi, o de Bruno Costa, seguido do BMW de Miguel Teixeira e do Citroen Saxo de Ruben Moura. Entre os pequenos Seat Marbella, o campeão da época passada  Jorge Ribeiro iniciou a defesa do título com uma vitória com Fabio Paço a secunda-lo e Rafael Cardeira a fechar o pódio. No Desafio Modelstand, Gil Antunes foi o mais rápido entre os Peugeot 206. Nuno Coelho ficou na 2ª posição e Herculano Antas foi o 3º classificado.

CLASSIFICAÇÕES:

Sem comentários:

Enviar um comentário