Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

segunda-feira, 30 de junho de 2014

PENALIZAÇÃO "ROUBA" VITÓRIA A DIOGO GAGO EM FRANÇA

Diogo Gago e Jorge Carvalho realizaram uma excelente prova de estreia na edição deste ano da 208 Rally Cup, acabando por ver uma penalização de meio minuto “roubar-lhes” a vitória no Rally de Langres.
Apesar de não terem rodado com o carro e de entrarem na 208 Rally Cup quando a concorrência já vai com quatro provas, dificilmente a dupla portuguesa poderia esperar melhor estreia nesta temporada na competição organizada pela Peugeot Sport, pois não só conquistou um resultado que superou as expectativas, como inscreveu por duas vezes os seus nomes na lista de vencedores de troços na competição reservada aos Peugeot 208 R2.
Falando-nos no final da prova, Diogo Gago dizia que “este foi um excelente resultado, ainda para mais tratando-se da nossa primeira prova na 208 Rally Cup este ano. O rali até não começou da melhor forma para nós, uma vez que uma penalização de três minutos nos reconhecimentos, por alegadamente termos efectuado os mesmo em velocidade reduzida e não na média/horária que seria obrigatória, acabámos por arrancar para a prova com uma penalização real de trinta segundos. Apesar deste revés, entrámos decididos em realizar uma boa prova e esperando pelo bom senso da organização”.
O jovem piloto que conta com os apoios de Hotel Pedras Rubras, Q&F-Lda, Mariscos Galvão e Município de São Brás de Alportel contou que a dupla entrou “com algumas cautelas nas primeiras passagens, mas na segunda já realizámos tempos que nos deixavam muito perto do pódio, o que nos deixou bastante motivados para o dia seguinte. No segundo dia e já com a penalização averbada, entrámos decididos em recuperar esse tempo e acabámos por vencer duas especiais, somando ainda um segundo tempo, o que nos valeu o terceiro posto final a cerca de vinte segundos dos vencedores”.
No final da prova, Diogo Gago e Jorge Carvalho não deixaram de salientar “o excelente trabalho que realizámos nesta prova, parte dela realizada com condições bastantes difíceis, mas onde mostrámos que conseguimos ser rápidos e não cometer erros, o que nos deixa bastante satisfeitos e com a convicção cada vez mais forte de que o trabalho que temos vindo a desenvolver está a dar os seus frutos. Queríamos ainda agradecer o trabalho da nossa equipa, a Pit Stop France, que fez um excelente trabalho e nos entregou um Peugeot 208 R2 muito competitivo”.
Diogo Gago e Jorge Carvalho levaram então o Peugeot 208 R2 ao décimo oitavo lugar absoluto e terceiro na Rally Cup, onde na soma do tempo das especiais, se assumiram como a equipa mais rápida.

Sem comentários:

Enviar um comentário