Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 5 de junho de 2013

RALI VIDREIRO: JULIO MAIA DE REGRESSO

Depois da ausência “forçada” no Rali Cidade de Guimarães, a A.MaiaSport prossegue a sua época desportiva já este próximo fim-de-semana na Marinha Grande em mais uma edição do Rallye Vidreiro, prova a cargo do Clube Automóvel da Marinha Grande.
A prova que decorrerá em pisos de asfalto será pontuável para os Campeonatos de Portugal de Ralis, Open de Ralis, Nacional Júnior, Regional Centro, Desafio Modelstand e ainda Troféu Rallycar.
A equipa irá alinhar com a dupla Júlio Maia e Alexandre Rodrigues, que apostam no possante Peugeot 206 S1600 para fazer o melhor resultado possível no Open 2 Rodas Motrizes e no recente Troféu Rallycar onde estão inseridos na categoria Maxi.
A equipa esteve já a preparar a prova, efetuando uma sessão de testes em asfalto que se revelaram muito positivas. Como salienta Júlio Maia “Assim que o carro ficou totalmente pronto, efetuamos um teste, para acima de tudo verificar se tudo estava perfeito com o carro. Não tivemos qualquer problema, o carro esteve sempre em impecável, e além disso foi importante rodar e voltar a encontrar o nosso ritmo de “prova” para no Vidreiro estarmos já a 100%”.

Na Marinha Grande os objetivos centram-se nas duas rodas motrizes do Open de Ralis, numa prova com um traçado nada fácil e com um programa fora do comum, sobretudo devido às especiais noturnas, o que dificulta ainda mais a tarefa das equipas. 
“Nesta prova queremos essencialmente terminar e pontuar para o campeonato. É um rali exigente, que não permite erros e que se mantiverem as previsões de aguaceiros teremos que ser ainda mais cautelosos, pois os troços ficam bastante escorregadios e traiçoeiros”, salientou o piloto apoiado por Liqui Moly, Crédito Agrícola, A.Maia Lda, PóvoaCar, Gruzim, SBL, NorteShopping, Alameda Con`Vida, Vietauto, Auto Pinheiro, Magenta e Cião e Blucare.
O Rally Vidreiro vai para a estrada no sábado de tarde, com os concorrentes do Open de Ralis a terem pela frente cerca de 5 especiais de classificação, numa única passagem pelos troços de Carnide e Mata Mourisca. Segue-se uma dupla passagem pela especial do Farol, terminando o rali com a super especial citadina na Marinha Grande. No total serão 62,47 quilómetros em contra relógio, num total de 191,87 de percurso total do rali.


Comunicado de equipa
4 De Junho de 2013
Fotos de Nuno Pimenta

Sem comentários:

Enviar um comentário