Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

MARCO CID CONFIANTE PARA A PRÓXIMA ÉPOCA

Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva estavam na frente dos 2 Rodas Motrizes quando tiveram um despiste infeliz no Rali Casinos do Algarve. A dupla do Renault Clio S1600 espera aproveitar ensinamentos para a próxima época.

Depois do excelente quarto lugar absoluto e vitória nos 2 Rodas Motrizes no Rali de Castelo Branco, Marco Cid esperava terminar a época com um bom resultado no Rali Casinos do Algarve, prova que atribuiu a nova Taça de Portugal de Ralis.
O jovem piloto de Leiria entrou muito bem no rali e, no final das primeiras quatro classificativas, era o piloto mais rápido dos carros de tracção dianteira. Contudo, um despiste logo no primeiro troço de domingo inviabilizou um resultado condizente com a evolução de Marco Cid.
“No dia de sábado entrei bem na Super Especial e o único problema foi o troço de Lagos, que é uma verdadeira estupidez. Aquilo não é um troco de ralis até porque a FIA tem recomendações para 120km/h de média, no máximo, e aquela especial ultrapassava em muito esse registo. Além disso, o Clio tem menos 15km/h de velocidade de ponta e em 4 / 5 kms feitos a fundo isso faz diferença. No dia de domingo estava à frente também pela pressão que consegui impor no dia anterior mas queria marcar uma posição e logo no primeiro troco entrei ao ataque. Ao Km 3, num topo a fundo o carro saltou e quanto tocou com a traseira no chão húmido ficou descompensado e foi embater numa pedra grande entre a vegetação. Partimos o apoio de suspensão e a direção, não havia forma de continuar”, explicou o jovem piloto de 24 anos.
Marco Cid faz um balanço positivo desta sua primeira época completa nos ralis: “Foi uma enorme aprendizagem e evoluí bastante a minha pilotagem e conhecimento de tudo o que envolve este desporto. Sinto que posso entrar forte em 2015 pois já conheço o carro e os ralis”, analisou.

Sem comentários:

Enviar um comentário