Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

RAFAEL LOBATO CAMPEÃO NACIONAL DE SPORT-PROTÓTIPOS - C3

Terminou a época de estreia de Rafael Lobato no Campeonato Nacional de Sport Protótipos. Uma época brilhante que culmina com o título de Campeão Nacional de Sport Protótipos na categoria C3 mas também com dez vitórias em dez corridas esta época. O melhor dos desfechos para o jovem piloto de 16 anos que chegou à Velocidade este ano.
Corrida 1 - Sábado
Mais uma vitória para Rafael Lobato, a nona esta época, no Autódromo do Estoril onde decorreu a última jornada do Campeonato Nacional de Velocidade. O piloto de Vila Real e o seu companheiro de equipa Armando Parente, voltaram a subir ao lugar mais alto do pódio na categoria C3, numa prova que ficou marcada por alguns contratempos.
As qualificações realizadas de manhã, atribuíram aos pilotos do Radical SR3 a oitava posição da grelha à geral. Nesta primeira corrida coube a Parente efectuar o arranque: "O importante era passar a primeira curva sem perder posições e sem incidentes. O Armando fê-lo com toda a destreza. Depois impôs o seu ritmo e fez um 'stint' irrepreensível", começou por explicar Rafael Lobato.
 Estava no entanto prestes a acontecer o primeiro contratempo da corrida: "Sem grande explicação e na altura da troca de pilotos o carro foi abaixo e levámos algum tempo a pô-lo a funcionar. Perdemos segundos preciosos. Mas talvez por isso, entrei em pista ainda mais determinado em recuperar o tempo perdido. Consegui ser bastante rápido e ao mesmo tempo regular. Mas outro susto estava para vir. Na última curva fiquei sem gasolina e só consegui concluir a prova, porque nesse preciso momento o primeiro classificado terminava a corrida e porque o embalo que trazia me permitiram cruzar a meta. No meio do azar acabámos por ter sorte", concluiu Rafael Lobato que somou a nona vitória no Nacional de Sport Protótipos na classe C3 entre 10 possíveis.

Corrida 2 - Domingo
A segunda e última corrida do fim-de-semana realizada no Estoril voltou a correr de feição para Lobato e o seu companheiro de equipa, Armando Parente: "Coube a mim fazer o arranque. Tinha a missão de ganhar terreno para os nossos adversários. Assim fiz. Aquando da troca de pilotos tínhamos 46 segundos de vantagem. O Armando impôs um ritmo forte na parte inicial do seu 'stint' mas depois, graça à vantagem que tínhamos, fomos mais cautelosos até para não acontecer como ontem e ficarmos sem gasolina. Correu tudo bem e conquistámos a 10ª vitória da época, que nos deixou muito felizes", explicou Rafael.
Assim em jeito de balanço Lobato não escondia a felicidade: "Não esperava neste primeiro ano conseguir logo ser campeão. Para mim, inicialmente, esta era uma época de aprendizagem. Mas as coisas foram acontecendo, a adaptação era cada vez maior a esta realidade e os resultados mostravam isto mesmo. Estamos todos muito felizes e tenho de agradecer a todos na equipa Parkalgar pelo excelente trabalho ao longo do ano, mas também a todos os meus patrocinadores que viabilizaram esta época. É para eles este título", concluiu o piloto apoiado pela Ascendi, Crédito Agrícola, CA Vida, Fibran XPS, Murganheira, Glassdrive, ENI, Anabela Alves, tecni.arte, Minfo, HyperKewl, GT Competizione, Thrustmaster, Basreal, Clinica Dr. Daniel Azevedo e Fornima".

Sem comentários:

Enviar um comentário