Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

RALLYSPIRIT ALTRONIX 2016: COCKTAIL DE EMOÇÕES!

Com um ambiente único, o RallySpirit Altronix 2016 promete deixar a sua marca nacional e, até já, internacional. Com cerca de uma centena de equipas, entre os quais, o Bicampeão do Mundo de Ralis, Miki Biasion – aos comandos de um mítico Lancia Rally 037 – é fácil adivinhar o sucesso deste evento. Uma prova que reunirá alguns dos mais emblemáticos carros da história dos ralis, com passagem garantida pela Marginal e Mosteiro da Serra do Pilar de Vila Nova de Gaia e as classificativas da graciosa Vila de S. Romão do Coronado.

Quando, o ano passado, o RallySpirit Altronix explorou o conceito dos ‘rally legends’, pela primeira vez, em Portugal, o sucesso foi imediato! A receita do êxito? Simples: juntar carros emblemáticos de todas as épocas dos ralis, com especial destaque para os automóveis dos anos 70, 80, 90 e 2000, conduzidos por uma interessante mistura de pilotos, dos mais consagrados aos verdadeiros gentleman’s drivers! O resultado só podia ser um evento único, com um ambiente fantástico, capaz de atrair milhares de espectadores e oferecer um tónico de emoção à disciplina dos ralis. 
Depois do sucesso da edição de estreia, o RallySpirit Altronix só podia regressar em 2016, com mais e melhores argumentos para todos os aficionados do automobilismo. Quando, na próxima sexta-feira, pelas 17h00, a Marginal de Vila Nova de Gaia começar a ganhar outro colorido com os quase 100 carros (muitos dos quais verdadeiras lendas vivas dos ralis) que atrairão muitos simpatizantes do fenómeno do desporto automóvel, estará dado o mote para o arranque de uma prova que se prevê de eleição e que bem se poderá afirmar como uma das maiores manifestações desportivas do ano da região Norte. 
De resto, fruto do êxito na prova inaugural e do seu potencial como agregador de multidões, o RallySpirit Altronix 2016 não tardou a crescer, passando agora a usufruir de um esquema competitivo mais lato, com dois dias efetivos de prova (na próxima sexta-feira e sábado), centrando a ação não só em S. Romão do Coronado, mas também em Vila Nova de Gaia, município que, desde o início do ano, passou a apoiar a prova. 
Com 194.38 km de extensão total, 53.10 km dos quais disputados ao longo de sete classificativas cronometradas (passagem tripla pelo troço de “Serra”, com  9,50 km e passagem quadrupla pela especial de “Coronado”, com 6,15 km, uma das quais noturna), o rali apresenta-se suficientemente seletivo e concentrado para as equipas, num figurino fácil de acompanhar pelos espectadores, que não terão que percorrer mais de 25 km para estarem sempre no epicentro da ação, e que até poderão deslocar-se facilmente de comboio, uma vez que a prova tem estabelecido um protocolo com a CP. 
Encabeçando as estrelas do RallySpirit Altronix 2016 estará o bicampeão do Mundo de Ralis, Miki Biasion. O único piloto que venceu por três vezes consecutivas o Rally de Portugal estará ao volante de um magnífico Lancia 037, um dos carros de Grupo B que mais saudades deixou aos adeptos da época de ouro dos ralis, sendo também por isso o principal favorito à vitória final. 
Para o piloto italiano, que terá como navegador o português Mário Castro, “regressar a Portugal para participar numa prova como o RallySpirit é uma enorme satisfação, pois não só vou voltar a guiar um dos Lancia que mais gosto e mais emociona o público, como voltarei a conviver com muitos espectadores que me apoiaram no passado”.
Para além de Biasion, a prova contará com outros nomes sonantes do automobilismo como Rui Madeira (Campeão do Mundo de Grupo N), Adruzilo Lopes (Tricampeão Nacional de Ralis), Pedro Salvador (Campeão Nacional de Velocidade e Montanha), para além de Ricardo Teodósio, Vítor Pascoal, Pedro Leal, Hélder Oliveira, entre outros, de onde também se destaca a presença de 14 equipas espanholas, que prometem trazer muita “aficcion” ao rali, arrastando muitos espectadores oriundos da Galiza.   
Mas num rali que contará com três categorias distintas – “Históricos” (para carros com data de fabrico até 31/12/1986), “Spirit” (para carros com data de fabrico entre 01/01/1987 e 31/12/2005) e “Show”(para carros míticos e elegíveis, numa categoria que não terá qualquer classificação, nem tempos cronometrados) – será também pelo parque automóvel presente que se fará medir a qualidade da prova.  Carros tão míticos como o Lancia 037, Lancia Delta Integrale (ex-oficiais), Renault 5 Turbo, Porsche 911/997, Alpine Renault A110 e A310, Ford Escort MK 1, 2 e Cosworth, Ford Sierra Cosworth, BMW M3, sem esquecer o Audi Quattro, o Fiat 131 Abarth ou o Subaru Impreza 555, representarão diversas gerações dos ralis, numa prova que já provou não ter idades!
Com todos estes ingredientes, bem se pode dizer que, entre 18 e 19 de novembro, todos os caminhos vão dar ao Coronado e a Vila Nova de Gaia, até porque o RallySpirit Altronix terá um motivo de atração extra, que ressuscitará uma tradição dos ralis de outros tempos: o Slalom! Num espetáculo agendado para o final do rali, no Quartel da Serra do Pilar em Vila Nova de Gaia, estão prometidas emoções tão fortes quanto as que se viviam no saudoso, mas extinto Slalom do Rally de Portugal, num palco privilegiado para pilotos e “máquinas” se expressarem sem preocupações de cronómetro e com o único intuito de darem “show”para o público. 
Por tudo o que marcará a 2ª edição do RallySpirit Altronix, Pedro Ortigão, responsável da Xikane que idealizou e promove o evento, só se pode mostrar satisfeito. “Em 2016 conseguimos dar uns passos em frente relativamente à edição de 2015, que idealizamos com o claro objetivo de se tornar uma prova de referência no futuro! Começámos em 2015 com uma prova que entendemos adequada para Portugal, mas temos trabalhado muito sentido de ‘construir’ um RallySpirit 2016 ainda mais apelativo. Voltar a contar com a maioria dos pilotos que se apresentaram na primeira edição significa que eles ficaram satisfeitos, e se a isso somarmos uma lista com cerca de 100 carros de qualidade, onde se incluem muitas equipas internacionais, só nos podemos sentir orgulhosos! A presença do Miki Biasion de Lancia 037, é apenas a ‘cereja’ no topo do bolo!"
O RallySpirit Altronix assume-se, assim, como um evento desportivo de excelência, materializando as expetativas de muitos dos aficionados do automobilismo e dos ralis, em particular, não descorando, se quer a vertente solidária, já que se associou também à “Operação Nariz Vermelho”.

Sem comentários:

Enviar um comentário