Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quinta-feira, 19 de março de 2015

MOTOR DITA ABANDONO DE MANUEL CASTRO

Não começou da melhor forma o Campeonato para o piloto de Guimarães Manuel Castro, já que foi obrigado a desistir no Rallye Serras de Fafe.
O piloto navegado por Luís Costa estava confiante para esta prova que marcou a estreia com o novo Mitsubishi EVO IX R4, centrando os seus objetivos no pódio do grupo RC2N.
O Rallye arrancou na sexta-feira com uma dupla passagem pela especial do Confurco, que ficou marcada pela grande moldura humana presente ao longo de toda a especial. A primeira veio a ser neutralizada e na segunda apesar da dupla rodar com algumas cautelas, registaram o segundo tempo entre os RC2N.
No sábado Manuel Castro e Luís Costa entraram motivados para o verdadeiro dia de prova, mas logo nos quilómetros iniciais da primeira especial notaram que algo não estava bem com o seu EVO. 
Ainda assim mantinham os objetivos do pódio rodando entre os três primeiros do grupo RC2N mas os problemas de motor agravaram-se nas segundas passagens, e consequentemente foram perdendo muito tempo para os seus mais diretos adversários.
Como nos salienta o vimaranense “No sábado de manhã logo na primeira passagem da Lameirinha voltamos a perceber que o carro não tinha força especialmente nas zonas lentas. 
Fizemos ainda Lameirinha 2 e Luílhas 2 com o carro a trabalhar em 3 cilindros para tentar ver na assistência o que podíamos fazer pois estávamos em segundos da nossa classe, mas o motor acabou mesmo por ceder e tivemos que terminar mais cedo do que o previsto a nossa prova.
Tínhamos preparado bem o rali, a prova estava no ambiente espetacular, muito público a acompanhar o rali, não estávamos mesmo a contar com este percalço, mas não vamos baixar os braços, vamos agora trabalhar para regressar mais fortes no rali de “casa”.
A próxima prova será o Rallye Cidade de Guimarães, a ter palco nos dias 10 e 11 de Abril.

Sem comentários:

Enviar um comentário