Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

CHALLENGE DS3 R1 COMEÇA A DEFENIR-SE

Tendo iniciado os trabalhos de preparação do Challenge DS3 R1 ainda no final de 2015, a Inside Motor Eventos vai já em janeiro efetuar a apresentação dinâmica desta competição.

Tal decorrerá no dia 23 de janeiro, no Circuito de Guilhabreu, em Vila do Conde, no qual se espera “a presença de alguns pilotos que já tenham feito a pré-inscrição no Challenge até à data deste evento”, revela Vitor Calisto, promotor do Challenge DS3 R1, explicando que “este ano apostámos em fazer uma apresentação dinâmica, em ambiente controlado, para permitir a todos os interessados que nos têm contactado a possibilidade de testarem o Citroen DS3 com todas as condições de segurança. Será também um evento onde iremos reunir patrocinadores, equipas, imprensa e demais interessados no Challenge”.
Através do website do Challenge (em www.challengeds3r1.com) todos os pilotos interessados poderão fazer a sua inscrição nesta competição, dizendo Vitor Calisto, a este respeito, que “o nosso objetivo para 2016 é ter mais concorrentes do que em 2015. Passada a fase de expectativa em relação à primeira edição do Challenge, que é normal em todos os troféus, estamos convencidos que conseguiremos ter mais pilotos a disputar esta competição. Pelo menos é nesse sentido que temos vindo a trabalhar e já temos recebido muitas solicitações que esperamos se tornem em inscrições efetivas”.
Numa altura em que estão a ser trabalhados os regulamentos técnico e desportivo, a Inside Motor Eventos já está em condições de divulgar o calendário provisório do Challenge DS3 R1. “Ainda não é o calendário definitivo pois estamos ainda em fase de decisão relativamente à escolha de uma de duas provas. Por outra lado as provas escolhidas decorrem dos calendários FPAK e, por isso, as alterações nesses calendários poderão alterar o calendário do Challenge”, refere Vitor Calisto, adiantando que “tentámos escolher as provas onde tivéssemos melhores condições para os pilotos, tentando também uma boa distribuição geográfica das mesmas nas melhores datas possíveis”.

Sem comentários:

Enviar um comentário