Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 23 de fevereiro de 2014

CAIXA DE VELOCIDADES "TRAMA" DIOGO GAGO EM FAFE

Diogo Gago e Jorge Carvalho não foram felizes no arranque do Campeonato Nacional de Ralis, vendo a caixa de velocidades do Citroen C2 R2 ceder ainda durante a fase matinal da prova, obrigando-os a abandonar depois de liderarem de forma inequívoca as duas rodas motrizes.

A dupla que conta com os apoios do Hotel Pedras Rubras, Pedro Pinto Automóveis, Marisco Galvão, Pirelli e QF entrou da melhor forma no Rali Serras de Fafe, assumindo-se desde logo como a mais rápida na primeira especial, mesmo com uma viatura bem menos competitiva do que a da concorrência, o que uma vez mais mostrou a mais valia da sua aposta internacional na temporada passada, e que lhe permitiu entrar na primeira prova nacional deste ano num patamar superior à concorrência.
Conforme nos contou Diogo Gago, “entrámos muito bem na primeira especial, apesar dos pisos se encontrarem bastante traiçoeiros. Começámos a prova com a liderança nos duas rodas motrizes, apesar do nosso C2 R2 estar longe dos carros mais competitivos da classe”.
No entanto, e quando Diogo Gago já cimentava a liderança dos 2RM, em plena especial da Lameirinha, a caixa do pequeno carro francês começou a dar problemas, levando a que o piloto algarvio tivesse que fazer várias tentativas para engrenar as várias mudanças, levando-o a perder bastante tempo no final da especial.
Segundo o piloto algarvio, “sem que nada o fizesse prever e quando os intermédios já nos davam a indicação de que estávamos com uma vantagem significativa para a concorrência na Lameirinha, a caixa simplesmente deixou de funcionar na fase final da especial. Precisava de tentar várias vezes para conseguir engrenar uma mudança e isso penalizou-nos no cronómetro. Procurámos resolver essa situação na assistência, mas a caixa acabaria por ceder na terceira especial. Fica ainda assim a demonstração do nosso andamento até à altura em que tivemos problemas”.

Sem comentários:

Enviar um comentário