Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sábado, 16 de novembro de 2013

RALI DA MAIA/CODE: VITÓRIAS DE MÁRIO BARBOSA E NUNO CARDOSO

MÁRIO BARBOSA VENCE AO SPRINT NO REGIONAL NORTE

Numa prova bem delineada pelo CAMI, o Rali da Maia/CODE revelou-se bastante interessante de acompanhar atraindo muito público à classificativa do Aeródromo de Vilar de Luz. Embora a lista de participantes não fosse muito extensa, houve bastante espectáculo na estrada (e na pista de aviação) e uma boa disputa pelos lugares cimeiros da classificação.
Com a classificação do Regional Norte ao rubro, Mário Barbosa levou o seu Citroen Saxo Kit-Car à Maia apostado em intrometer-se na luta particular entre Bruno Costa e Luis Mota. Acompanhado por Bruno Gonçalves, Mário Barbosa entrava a vencer garantindo o melhor tempo nas duas primeiras pec's, mas bem perto seguiam Luis Mota e Bruno Costa, com este último a vencer a 3ª classificativa encurtando a sua desvantagem para uns "magros" 1,5 segundos. Nesta altura Luis Mota estava no 3º posto da geral com 4,7 segundos de atraso para o líder.
Assim, seria a 4ª e última classificativa a decidir quem iria vencer o rali e Mário Barbosa não desperdiçou a oportunidade impondo toda a agilidade do seu Citroen. Por seu lado esta classificativa não correria de feição para o piloto da Macominho que se quedava pelo 3º melhor tempo atrás de Mota, que na geral terminava em 3º, e do já referido Mário Barbosa.

NUNO CARDOSO FOI O MELHOR DOS EXTRA

Com apenas 10 inscritos, nem por isso a Prova Extra deixou de ser interessante com a presença de várias equipas capazes de andamentos muito fortes.
O maior destaque vai para a presença da dupla gondomarense Nuno Cardoso / Telmo Campos. A equipa do Mitsubishi Lancer Evo VIII rodou sempre num ritmo muito elevado não deixando de proporcionar ao muito público presente grandes momentos de rali. Este desempenho dava o pleno de vitórias em classificativas a Nuno Cardoso que garantia assim o triunfo na prova do CAMI.
Na segunda posição terminou Marco Cid e Nuno Silva. Continuando a sua aprendizagem e adaptação ao Renault Clio S1600, Cid foi regularmente o mais directo perseguidor de Cardoso e no final, o lugar intermédio do pódio é inteiramente ajustado ao desempenho do piloto.
Nesta prova merece destaque aquele que é um dos pilotos sensação desta temporada. Habitualmente aos comandos de um Citroen AX, o piloto da Galiza Daniel Martinez, que neste rali foi navegado por José Riveiro apresentou-se na Maia aos comandos de um Skoda Fabia RS TDI ex-oficial e o seu desempenho não deixou ninguém indiferente.
Rodando regularmente no 3º lugar, o piloto apenas cometeu um pequeno deslize já na fase final do rali com uma ligeira saída de estrada a causar a perda de alguns segundos, sem no entanto prejudicar a classificação final.

O Campeonato Regional Norte de Ralis volta à estrada a 8 de Dezembro com o CAM Rali Festival, a última ronda da competição e que irá ser a prova decisiva para a atribuição dos títulos.

Sem comentários:

Enviar um comentário