Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Olhos na vitória


A caravana do Troféu Fastbravo desloca-se no próximo fim de semana para a cidade de Gondomar, onde se realizará a 7ª prova de Troféu, integrada no programa do 7º Rali de Gondomar. A dupla Cristiano Queiroga e Rufino Silva é uma dos fortes candidatas à vitória entre os Seat Marbella, apesar das hipóteses de chegar ao título serem nesta fase reduzidas.
Depois do azar na última prova disputada, Rali de Oliveira do Hospital, em que equipa viu a sua participação terminada ao fim de poucos kms, Cristiano Queiroga parte com a moral renovada e com a certeza que tudo fará para alcançar um resultado condizente com o seu andamento. Como nos adianta o piloto de Penafiel, a prova será encarada de forma descontraída mas sempre com os olhos na vitória, "vou encarar este rali como uma prova em que me quero divertir e ao mesmo tempo conseguir tirar o maior partido do carro em pisos de terra. Com os azares que tenho tido ao longo da época não consegui mais do que terminar uma classificativa em terra, por isso quero aproveitar ao máximo esta prova." Sempre com os olhos numa boa performance, Cristiano Queiroga está consciente da importância de um bom resultado em Gondomar, pois como refere o piloto "apesar dos azares que me retiraram a condição de candidato ao Troféu quero lutar pela vitória na prova e dando assim visibilidade e honrando os compromissos que tenho com os meus patrocinadores."
Com várias participações nesta prova, alcançou em 2011 o 3º posto entre os concorrentes do Troféu Fastbravo, batendo por exemplo a equipa que viria a vencer o Trofeu, Cristiano Queiroga e Rufino Silva esperam fazer valer essa experiência para obter um bom resultado, " é um rali que já conheço de outros anos, por exemplo ano passado tudo correu de feição e alcancei o 3º lugar entre os 11 concorrentes do Troféu, numa das provas em que a qualidade da concorrência foi sem dúvida das mais elevadas do ano"

Um título difícil mas não impossível
Com um início de época ao mais alto nível, a vitória no Rali Coração de Ouro prometia embalar a equipa para uma época de sucesso. Tal não veio a acontecer, uma série de azares acabou por condicionar de forma quase definitiva a luta pela vitória no Troféu, como admite o piloto " a época começou bem com uma vitória do 1º Rali do ano, disputado em asfalto, mas desde então a "estrelinha" da má sorte não nos tem abandonado". Apesar do azar que tem perseguido a equipa, nomeadamente nos ralis de terra, o piloto de Penafiel não baixa os braços, "matematicamente ainda é possível chegar ao 1º lugar do troféu e sagrar-me campeão 2012", no entanto tem plena consciência das dificuldades e cenários que teriam que ocorrer para que tal acontecesse ,"em 1º lugar dependerá de nós, conseguir conquistar a vitória nestas duas últimas provas e depois esperar pelo azar dos meus mais diretos adversários". Se a intenção de lutar pela vitória nas provas que ainda restam é uma realidade, o azar dos seus adversários não é de todo o que o piloto deseja, frisando muito bem esse ponto, "claro que os azares dos meus adversários não são uma situação que me agrade, porque apesar de tudo existe entre nós uma "guerra" muito sã".
A prova organizada pelo Gondomar Automóvel Sport , vai para estrada nos dias 26 e 27 de Outubro. Com 7 especiais a serem disputadas o rali arranca com uma super especial na cidade de Gondomar que promete bastante espetáculo. Para mais informações consultar o site da organização em www.gas.com.pt .

Sem comentários:

Enviar um comentário