Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 8 de abril de 2016

HUGO MESQUITA COM RESULTADO CONDICIONADO EM GONDOMAR

A segunda prova da Taça de Ralis FPAK Terra e primeira do Campeonato FPAK de Ralis não correu de feição ao piloto da Lixa, Hugo Mesquita com alguns azares mecânicos a comprometer o resultado final.

A 11a primeira edição do Rali de Gondomar já se previa uma ronda exigente para as mecânicas dos carros, pois trata-se de um rali com especiais de classificação algo duras onde uma boa gestão da prova pode fazer toda a diferença.
A dupla do Citroën C2 entrou para a prova focados nos seus objetivos que passavam por terminar e pontuar. 
Contudo não começaram bem na dupla super especial noturna, com o C2 R2 a falhar em algumas zonas e fazendo a equipa perder algum tempo. No sábado entraram regulares, não forçando o andamento, até porque era essencial saber gerir a sua prova. Ainda assim, durante a manhã acabaram por ficar sem embraiagem e com todo o tempo perdido desceram bastantes posições, não escapando ainda a um grande susto quando o capo se abriu em plena especial.
Como refere o piloto navegado por Jorge Ribeiro “a prova não correu da forma como esperávamos. Arrancamos com um objectivo a cumprir, o de chegar ao fim e amealhar o máximo de pontos para o campeonato. Contudo alguns azares mecânicos acabaram por condicionar o nosso rali! Ficamos sem embraiagem logo pela manhã de sábado e logo a seguir como se não bastasse o capo abriu em pleno andamento o que complicou bastante em matéria de "tempos"! Uma vez que já tinha acontecido de tudo optamos por levar apenas o C2 a muito custo até ao fim para cumprir com os nossos principais objetivos, terminar e pontuar!”
Hugo Mesquita e Jorge Ribeiro terminaram o Rali de Gondomar na 12a posição da geral, 5o entre os concorrentes dos P1. A próxima prova será o Rali Serra da Lousã a 7 e 8 de Maio.

Sem comentários:

Enviar um comentário