Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 10 de abril de 2016

FERNANDO TEOTÓNIO TRAVADO PELA MECÂNICA NO RALI DE GONDOMAR

O Campeonato FPAK Ralis arrancou no passado fim de semana com a 11a edição do Rali de Gondomar, prova em piso de terra que foi ainda pontuável para a Taça de Ralis FPAK Terra.

Para a dupla Fernando Teotónio e Luís Morgadinho o rali foi bastante positivo, mas o resultado final acabou por não traduzir o andamento da equipa do Mitsubishi EVO VII com um azar mecânico a retirar-lhes da luta pela segunda posição da geral.
Sem fazer qualquer prova em terra há mais de um ano, esta primeira ronda serviu essencialmente para a equipa voltar a ganhar ritmo nestas condições. Na super especial entraram regular mantendo-se dentro do top 10. No sábado na primeira especial do dia não entraram ao ataque mas especial a especial foram evoluindo o andamento e recuperando posições chegando á sétima prova especial do rali na segunda posição da geral. Contudo a 8a PEC veio a ser madrasta, com a cedência de uma transmissão que os obrigou a rodar num ritmo lento de forma a conseguirem chegar até ao pódio final. 
Com o tempo perdido acabaram por descer à 5a posição da geral, um resultado ainda assim positivo, mas que não traduz na totalidade o andamento conseguido.
“Não entramos bem na primeira especial de sábado, rodei um pouco desconcentrando e o tempo não foi o melhor. Nas especiais seguintes fomos melhorando e rodamos com muito mais confiança, e os tempos começaram a surgir e fomos subindo posições. Estávamos na luta pela segunda posição, o que nos agradou, mas com o problema na transmissão acabamos por ficar de fora da luta e fomos “arrastando” o carro na última especial para conseguir terminar o rali e garantir estes pontos para o campeonato”, salientou o piloto do Fundão.
A próxima prova da dupla será o Rali Serra da Lousã previsto para os dias 7 e 8 de Maio.

Sem comentários:

Enviar um comentário