Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

RUI FIGUEIREDO FAZ BALANÇO DE 2013 E APONTA BATERIAS PARA A NOVA ÉPOCA

Afirmando-se cada vez mais como uma alternativa para quem quer correr nos ralis, seja pelos baixos custos inerentes ou pelo nível competitivo demonstrado ano após ano, o Campeonato InterMunicípios Norte teve em Rui Figueiredo um assíduo participante ao longo de 2013.
Apostando num fiável e competitivo Nissan Micra, Rui Figueiredo teve uma época muito preenchida com a participação em sete dos 8 ralis que compunham o campeonato, tendo como objectivo a luta pelo título na Divisão 1, reservada aos carros com cilindrada até 1300 cc.
Com Rui Vilaça a assumir as funções de navegador, o piloto da Póvoa de Varzim iniciou a época no 4º CAM Rali Festival, seguindo-se as participações no Rali Montelongo e no Rali Coração do Ouro. O início da época revelava-se bastante promissor com a vitória em Fafe a juntar a um 2º lugar em Braga e um 3º lugar na Lomba. Estes resultados abriam boas perspectivas para a restante época.
Porém, a ausência no Rali Cidade de Fafe, quarta ronda do campeonato, acabou por dificultar um pouco a luta pelo topo da classificação com os principais adversários a aproveitarem a oportunidade para se distanciarem na tabela de pontos.
Regressando à competição em Cabeceiras de Basto, a dupla poveira partia determinada a recuperar pontos, mas as difíceis condições climatéricas não permitiram à equipa do pequeno Nissan Micra ir além do 4º posto final. Na prova seguinte, em Famalicão, Rui Figueiredo e Rui Vilaça terminaram no 9º lugar da classe entre 16 classificados, um resultado apesar de tudo animador já que a dupla conseguiu ser a segunda melhor entre os concorrentes em luta pelo campeonato.
Chegava-se então à recta final do CIN e com apenas dois ralis por disputar, Rui Figueiredo e Rui Vilaça não baixavam os braços mantendo em aberto a Divisão 1 do campeonato. Aproveitando da melhor forma a ausência de uma das principais duplas adversárias em Alpendorada, a equipa apoiada pela Entreportas Imobiliária obtinha no Ralisprint União o 4º lugar da classe, sendo novamente os segundos melhores entre as habituais presenças no CIN.
Desta forma tudo se iria decidir no Ralisprint Serafão, em Fafe e a dupla do Nissan Micra partia para o rali com esperanças em chegar ao título. Só que a sorte não esteve do lado da equipa e uma saída de estrada prematura punha termo a todas as suas esperanças no título.
Nas contas finais, Rui Figueiredo e Rui Vilaça terminaram o campeonato no 2º lugar da Divisão 1, um resultado que deixa à equipa boas indicações para 2014. Como refere o piloto "o balanço só pode ser positivo. Os objectivos definidos para a época, passavam pela disputa do 1º lugar do campeonato na Div. I, mesmo tendo consciência da diferença para os carros dos nossos adversários directos. No entanto conseguimos manter a luta em aberto até ao último rali, onde entramos com toda a vontade de ganhar, mas com o despiste sofrido tivemos que nos contentar com o 2º lugar final no Campeonato”. Rui Figueiredo realça como o ponto alto da temporada, a capacidade demonstrada em lutar pelos primeiros lugares da classe com um carro inferior à concorrência, facto que ganha ainda mais relevo com a vitória no "Montelongo" e os pódios em Braga e no "Coração do Ouro". Como pontos negativos, obviamente o maior destaque vai para a desistência na ultima prova, mas o piloto aponta também a perda do segundo lugar na Lomba devido a uma saída de estrada, bem como o CAM Rali Festival, prova em que a vitória lhe "escapou" por apenas 1 segundo.
Relativamente à participação no CIN, Rui Figueiredo afirma ter-se revelado uma aposta acertada pois acredita "tratar-se de um campeonato excelente, muito competitivo, com muitas provas, muitos carros à partida e com muito mais público a assistir do que qualquer outro campeonato disputado em Portugal".
Para 2014  o programa desportivo da equipa passa por repetir a presença no Campeonato InterMunicípios Norte recorrendo novamente ao Nissan Micra e com objectivos bem definidos: chegar ao título na Divisão 1. Para esta nova época, Rui Figueiredo voltará a contar com o forte apoio da Entreportas Imobiliária, a quem o piloto aproveita a oportunidade para endereçar um forte agradecimento.

Sem comentários:

Enviar um comentário