Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 15 de fevereiro de 2015

SEBASTIEN OGIER VENCE RALI DA SUÉCIA AO SPRINT

Foi com um final impróprio para cardíacos que o Rali da Suécia conheceu o seu vencedor. À entrada para o último dia de prova, 3 nomes repartiam entre si as atenções numa luta pela vitória que só se viria a decidir nos últimos metros do rali.
Thierry Neuville, primeiro classificado da geral, sofria algumas falhas nos intercomunicadores logo no troço inaugural do dia e com isso caía para o 2º lugar deixando Andreas Mikkelsen novamente no comando. Partindo do 3º posto, Sebastien Ogier fez o que lhe competia. Entrou ao ataque logo no primeiro troço e obtinha o melhor registo impondo o mesmo ritmo no troço seguinte o que lhe valia a subida ao segundo lugar por troca com Neuville. Apenas 3 segundos separavam nesta altura Ogier do líder Andreas Mikkelsen, enquanto Neuville distava pouco mais de 4 segundos deixando tudo em aberto para o derradeiro troço.
Mais atrás, Ostberg caia na classificação ao ver o travão de mão do seu Citroen DS3 ficar bloqueado, deixando Ott Tanak no 4º lugar, seguido de Hayden Paddon e de Martin Prokop, com o piloto checo a não evitar um susto no penúltimo troço que o levava também a baixar para oitavo.
À entrada para a Power Stage, Neuville "deu tudo", correu alguns riscos mas efectuou um excelente registo, deixando-lhe boas perspectivas para o resultado final, mas Sebastien Ogier colocou toda a sua mestria ao volante nos 15,87 quilómetros de Värmullsåsen 2 e provou o porquê se ser bi-campeão do mundo. O francês da Volkswagen batia o tempo de Neuville por uns expressivos 4,8 segundos ficando a vitória dependente do resultado de Mikkelsen, o último dos WRC a partir. Provavelmente a sentir a pressão de ter a sua primeira vitória no Mundial ao seu alcance, Mikkelsen acabaria por cometer um erro decisivo. Uma ligeira saída de estrada custou ao piloto norueguês cerca de 40 segundos entregando assim a vitória a Sebastien Ogier com o campeão em título a festejar efusivamente uma das suas mais difíceis vitórias da carreira.
Com o desaire de Mikkelsen, Mads Ostberg acabou por conquistar o ultimo lugar do pódio na Power Stage o que lhe valeu 1 ponto extra mas o resultado final seria desapontante com Ostberg a não ir além do 10º lugar.
Ott Tanak segurou o 4º lugar na frente do segundo Hyundai, tripulado por Hayden Paddon enquanto Elfyn Evans bateu Kris Meeke numa luta particular terminando no sexto posto.
Na WRC 2 a vitória foi para o finlandês Jari Ketomma. O piloto da D-Mack dominou a prova desde o início e bateu Eyvind Brynildsen enquanto Valery Gorban ainda conseguiu recuperar o 3º lugar final.
CLASSIFICAÇÃO FINAL
Clique na imagem para aceder às classificações completas

Sem comentários:

Enviar um comentário