Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 29 de abril de 2012

Ricardo Moura vence em rali insólito

Ricardo Moura / António Costa foram quem melhor se desenrrascou no Rali do Targa / Vieira do Minho, depois de um final de prova apocalítico. 
Moura esteve na liderança dos acontecimentos desde o início do dia, com Pedro Meireles e Pedro Peres a envolverem-se na luta pela 2ª posição mas apenas até à 4ª PE, aí o Mitsubishi de Meireles obrigou o piloto vimaranense a abandonar. 
Pedro Peres ficava com o 2º lugar controlado e sem chances de chegar-se a Moura, mas na 6ª e 7ª PE o carro do líder fica com o motor em 3 cilindros e luta pela liderança renasce. Com dois troços pela frente a margem de Moura era de 2,4 segundos e os pilotos montam na sua maioria pneus de seco nos carros. No penultimo troço e já com chuva Moura consegue aumentar em 0,6 segundos a sua vantagem ficando tudo para se decidir na derradeira classificativa. 
Começava a chover copiosamente neste troço, com a agravante de na parte final cair uma tempestade de granizo. Moura conseguiu resistir ao granizo, mas Peres passava mais atrasado e já não conseguiu evitar a perda de quase 2 minutos. Com o granizo a acumular-se na estrada e os adversários batidos a avisá-lo, Peres fez o final do troço em 1ª velocidade e garantiu assim o 2º posto apesar da organização anular este troço. 
No CPR2, a que equivalia o derradeiro lugar do pódio na geral, Ivo Nogueira parecia ter o lugar seguro, mas o granizo no final do derradeiro troço levou-o a sair de estrada. Dos homens que lutavam perto de Nogueira foram três a bater na mesma zona: Paulo Neto, Ricardo Marques e Miguel Barbosa. Juan Carchat e Renato Pita também estavam na luta, mas conseguiu passar incólumes apesar de alguns sustos no granizo. Carchat com o Porsche teve um 3º lugar que praticamente não conta para a classificação e Renato Pita estreia-se no campeonato com um triunfo no CPR2. 
As classificações completas podem ser vistas aqui.
(fonte Sportmotores)


Sem comentários:

Enviar um comentário